ARTIGO

Administração do Estresse: Ganho de Melhores Resultados


Por: Vanessa Goulart*


Na sociedade atual, imediatista e apressada, as constantes mudanças e consequentes adaptações vivenciadas pelas pessoas fazem com que estas tenham que conviver com o estresse, principalmente no ambiente de trabalho. Todo processo de adaptação tem o poder imediato de desencadear o estresse. No entanto, pesquisas no mundo inteiro revelam que o estresse em nível elevado reduz significativamente o desempenho pessoal e profissional, o que tem despertado a preocupação das empresas e de especialistas na área de saúde. As consequências de um nível elevado de estresse acarretam sérios problemas tanto para a pessoa quanto para a empresa. Por exemplo, o profissional por sua desmotivação entregará um resultado de baixa qualidade, além de seu menor comprometimento com a organização. Por sua vez, a empresa muitas vezes paga caro por isso, visto que problemas relacionados ao estresse em nível elevado para a pessoa são responsáveis pelo absenteísmo, além de custos relacionados com doenças do trabalho, acidentes e afastamentos.

Mas é possível eliminar o estresse? Não. Viver pressupõe estar em condições nas quais o estresse necessariamente se manifestará. O ponto em questão é que as pessoas e as empresas precisam aprender a gerenciar o estresse. Para isso você precisa:

  • Ter uma alimentação balanceada;
  • Praticar exercício físico regular;
  • Ter momento de repouso, lazer e diversão;
  • Dormir o suficiente às necessidades humanas;
  • Experienciar vivências que favoreçam o autoconhecimento;
  • Aumentar sua rede social.

Já a empresa pode gerenciar o estresse através de ações como a melhoria do processo de seleção e colocação de pessoal, visto que a insatisfação com o cargo ocupado gera desmotivação e como consequência o estresse em nível elevado para a pessoa no ambiente corporativo. Por isso, a importância da Avaliação de Potencial. Também contribui para a administração do estresse na empresa, treinamento comportamental para o desenvolvimento dos colaboradores, a adequada condução de conflitos, o envolvimento dos funcionários nas decisões e a comunicação organizacional.

As ações para gerenciar o estresse trazem inúmeros benefícios tanto para as pessoas, no que se refere a qualidade de vida, quanto para as empresas que pela melhor produtividade de seus funcionários, tornam-se mais competitivas no mercado.


* Graduada em Psicologia (PUC-PR) com Formação e Pós-Formação em Gestalt Terapia; Atua como Consultora da ZHZ Consultores e Psicóloga Clínica.