ARTIGO

O Impacto de um Plano de Carreira na sua Vida


Por: Carolina Feltrin*


Estar realizado no trabalho que realiza é sem dúvida algo que chama atenção em alguns profissionais nos dias de hoje. Ter brilho nos olhos, gostar do que faz, ser elogiado e reconhecido pelo trabalho e pelo resultado que entrega, são sinais que o caminho que está percorrendo está o levando em boa direção.

A vida é um projeto seu, e é composta de fases e envolve inúmeras pessoas e situações. Pode-se fazer a opção de deixar “a vida nos levar” ou, de tomar as rédeas e fazer acontecer, com prudência, planejamentos e autonomia. Pois bem, ter autonomia sugere controlar sua própria vida, aceitar a responsabilidade por seus sentimentos, pensamentos e comportamentos, e abdicar de padrões inadequados para viver no aqui-e-agora e sob sua responsabilidade. E, olhar a carreira também não é diferente, pois faz parte desse rol de decisões pessoais a esfera profissional. Torna-se saudável e necessário fazer essa parada em qualquer fase da vida e perceber quais os comportamentos deve permanecer, quais estancar, e quais recalcular para então buscar novos hábitos e novas atitudes rumo a uma trajetória que seja confortável.

Dentro das organizações pode acontecer da mesma forma, pois reter profissionais tem se tornado um desafio constante para muitas. Consideravelmente sai na frente as que oferecem estrutura para planejar os próximos passos na carreira, pois a sensação de segurança de um plano definido pode gerar maior estabilidade e quiçá o sentimento de felicidade.

Em um estudo realizado este ano pela Consultoria ETALENT com o apoio do site de recrutamento Catho, constatou-se que 55% das pessoas que afirmam possuir um plano de carreira se sentem felizes ou muito felizes com suas vidas profissionais. Entre os profissionais que não tem um planejamento para suas carreiras, apenas 33% se declaram profissionalmente felizes. Por outro lado, 38% dos entrevistados que não possuem um plano de carreira se declaram pouco ou nada felizes com sua vida profissional. Este nível de insatisfação cai para 23% entre aqueles que contam com um plano de carreira estruturado.

Assim, planejar a carreira para alcançar objetivos e metas é um caminho para chegar efetivamente no que realmente deseja. Traz benefícios como a satisfação no trabalho e possíveis visualizações de forma a estimular o caminho profissional. Um ponto de atenção nessa retomada é olhar aspectos sobre si, o autoconhecimento, pois tende a dar base no processo se compreende quais são as habilidades, qual a forma do comportamento e o propósito de vida que se alia com o da carreira. Desta forma, todo projeto necessita de disciplina, metodologia, revisão constante e flexibilidade para se ajustar as mudanças necessárias. Por fim, quem deseja atingir o sucesso na vida e carreira e equilibrar as esferas que façam sentido em cada fase, é necessário estruturar os passos para chegar lá. E, sem dúvida a prática é que tornará a arte de planejar uma aptidão e cumprir as metas pessoais e profissionais. Então é possível! Vamos lá.


* Graduada em Psicologia pela PUCPR, com Especialização em Administração com ênfase em RH. Formação em Coaching Executivo e Empresarial pela ABRACEM. Especialista em Dinâmica dos Grupos pela SBDG; Formação em Análise Transacional pela UNAT Brasil.